Javascript - Habilite o javascript em seu navegador para poder logar e utilizar o site.
Blinking light Poste

Assemblage • Safra 2016 • Vinho

Porta 6 Branco

Vidigal Wines

Lisboa • Portugal • 750 ml

Tipo
Corpo
Aromas e Sabores
Uva(s): Arinto, Fernão Pires, Moscato Bianco.
Harmonização: Aves, Frutos do mar, Massas, Peixes.
Ocasiões: Antes da refeição, Dia de preguiça, Dia de sol.
Envelhecimento: Poucos meses em barricas de carvalho e quase um ano em tonéis de aço-inox.
Temperatura de Serviço: 12 ° C
Teor Alcoólico: 12,5 %
Volume: 750 ml

de R$73,00 por

R$ 62,00
Associado do Clube

R$55,80


CONHEÇA O CLUBE

A Vidigal Wines é uma produtora de carácter familiar, com sede na zona de Leiria, na parte central de Portugal. As origens da empresa datam do início do Século XX, numa Quinta fundada por um cónego da igreja local. Ao longo do último século, a produtora passou pelas mãos de alguns gestores, até que o atual proprietário António Mendes Lopes assumisse a gestão da vinícola no início dos anos 90. Hoje, António já conta com mais de 30 anos de experiência no mundo do vinho e, além de desenvolver a parte de exportação da produtora, participa ativamente na elaboração dos vinhos em conjunto com os outros dois enólogos da Vidigal Wines: Rafael Neuparth e António Ventura, considerado o enólogo português do ano em 2006.

A grande maioria dos vinhos da Vidigal, sobretudo os da região de Lisboa, são produzidos muito perto do Oceano Atlântico - cerca de 30 km apenas - e, por conta disso, sofrem grande influência das brisas atlânticas, resultando em vinhos frescos e sempre muito frutados. O Porta 6 não foge à regra e apresenta a fruta como o principal elemento do vinho. Este exemplar nasceu de um corte das castas Fernão Pires (40%), Arinto (30%) e Moscatel (30%). Uma curiosidade sobre seu rótulo é que o desenho foi feito por um artista português que retratou uma paisagem real de Lisboa, sendo que sua residência é justamente a varanda no canto superior direito do desenho.

Este vinho branco português da família Porta 6 tem curto estágio em barricas de carvalho e quase um ano em tonéis de aço-inox. Em taça, o amarelo ouro se destaca. Exibe aromas de frutas tropicais e cítricas, que remetem a maracujá, pêssego e abacaxi, com suaves notas de tostado e minerais. Na boca é macio, com final e acidez agradáveis. Apresenta bastante vivacidade, frescor, cremosidade e toques frutados, perfeito para dias de sol. Excelente para ser degustado antes das refeições ou harmonizado com peixes grelhados, mariscos, massas com molhos leves e aves. A temperatura ideal de serviço é de 12ºC.

Texto do Sommelier Rodrigo Ferraz - Direitos Reservados