Javascript - Habilite o javascript em seu navegador para poder logar e utilizar o site.
Blinking light Poste

Pinot Noir • Safra 2018 • Vinho

Il Casello La Rosa

Emilia-Romagna • Itália • 750 ml

Tipo
Corpo
Aromas e Sabores
Uva(s): Pinot Noir.
Harmonização: Aves, Carnes de caça, Frutos do mar, Peixes, Queijos maturados.
Ocasiões: Balde de gelo na piscina, Dia de sol, Ouvindo música.
Envelhecimento: Sur lie de 6 meses em tanques de aço-inox.
Temperatura de Serviço: 6 ° C
Teor Alcoólico: 11 %
Volume: 750 ml

de R$140,00 por

R$ 120,00
Associado do Clube

R$108,00


CONHEÇA O CLUBE

Com este vinho, vamos passear juntos por um dos terroirs mais interessantes da Itália. Nossa viagem tem como destino e pequena aldeia de Bacedasco Basso, na belíssima comuna histórica de Vernasca, dentro da província de Piacenza. Essa pequena vila de construções medievais e pouco menos de 3 mil habitantes está localizada nas proximidades das famosas cidades de Parma e Piacenza. Apesar de pertencer à região de Emilia-Romagna, trata-se de uma área mais continental, ou seja, sua localização é mais próxima do Mar de Ligúria (a oeste) do que do Mar Adriático (a leste). Esse fator é determinante para o estilo dos vinhos produzidos ali. A influência marítima é praticamente anulada pela cadeia de colinas verdes no entorno de Vernasca. Seu relevo lembra muito os “mares de morros” que encontramos aqui em Minas Gerais, portanto consegue-se obter ótima insolação para as vinhas e drenagem da água para o solo, fatores essenciais para uma boa maturação dos frutos, já que estamos falando de uma região mais fria. O caráter dos vinhos produzidos ali sempre remete a frescor e elegância, tornando-se praticamente uma assinatura regional.

Assim é também o pensamento da família Rigolli, que fundou a vinícola artesanal Il Casello na aldeia de Bacedasco Basso, em meados de 1950. Tive o prazer de conhecer esse produtor em uma de suas vindas ao Brasil e conduzir uma degustação de seus vinhos em uma palestra que ministrei dentro de uma feira de vinhos em Campinas (SP). O tema da palestra foi harmonização e o que mais me encantou nos vinhos Il Casello foram sua versatilidade gastronômica e seu elevado padrão de regularidade nos diferentes rótulos, cada um com sua personalidade, mas todos muito bem feitos. Acredito que, além do terroir excepcional onde se encontra a vinícola, o segredo desses vinhos está no belíssimo trabalho de enologia do produtor. Seus vinhedos são cultivados através do método Guyot, a apenas 250m acima do nível do mar. Para se ter uma ideia, o total de vinhas plantadas dessa produtora é de apenas 18 hectares. Considerando que ela possui aproximadamente 15 tipos diferentes de vinhos, estamos falando de aproximadamente 1 hectare de vinhas plantadas para cada um deles. Essa foi a razão que me levou a escolher o il Casello La Rosa para o Clube Vinhos de Bicicleta. Que você possa brindar seus momentos de alegria com esse maravilhoso vinho do interior de Emilia-Romagna literalmente feito à mão, sob medida para suas festas de fim de ano.


Texto do Sommelier Rodrigo Ferraz - Direitos Reservados