Javascript - Habilite o javascript em seu navegador para poder logar e utilizar o site.
Blinking light Poste

Assemblage • Safra 2012 • Vinho

Il Casello Gutturnio Riserva

Azienda Agricola Il Casello

Emilia-Romagna (D.O.C. Gutturnio Riserva) • Itália • 750 ml

Tipo
Corpo
Aromas e Sabores
Uva(s): Barbera, Bonarda.
Harmonização: Carnes de caça, Cordeiro, Embutidos, Massas, Pizzas.
Ocasiões: Noite intimista, Presentear alguém, Quem aprecia clássicos.
Envelhecimento: 12 meses em barricas de carvalho croata.
Temperatura de Serviço: 18 ° C
Teor Alcoólico: 14 %
Volume: 750 ml

de R$310,00 por

R$ 270,00
Associado do Clube

R$243,00


CONHEÇA O CLUBE

Descrição Detalhada

Desde que foi fundada em meados da década de 1950, a Azienda Agricola Il Casello pertenceu a uma única família, os Rigolli, e atualmente é administrada pela terceira geração da mesma. A fazenda está localizada em um redutos de vinhedos mais antigos de toda a Itália, a bela região de Emilia-Romagna. Mais precisamente, a sede da produtora se encontra na província de Piacenza, um dos paraísos enogastronômicos italianos, onde são produzidos os famosos salame e copa piacentinos. Esse lugar já esteve sob o domínio do Império Bizantino durante a antiguidade e foi o palco de diversas disputas por estar em um ponto estratégico da região. O conflito mais notório se passou durante o governo do Imperador Diocleciano, no início do século IV, por conta de sua perseguição ao cristianismo. Foi nesse mesmo lugar que seus próprios soldados foram aniquilados a seu comando, pois muitos deles compartilhavam da crença cristã e, ao descobrirem que não se tratava apenas de uma invasão territorial, se recusaram a lutar.

Apesar dos diversos confrontos daquela época, o contato constante com outros povos permitiu que Piacenza absorvesse diferentes culturas e formasse a sua própria. A família Rigolli procura respeitar essa tradição local ao utilizar algumas das técnicas centenárias de vinificação, mas está sempre disposta a aperfeiçoá-las com o uso de tecnologias modernas a fim de produzir vinhos impecáveis. Suas vinhas são cultivadas pelo método Guyot, ao invés do sistema de espaldeira, e estão localizadas nas colinas verdes que cercam a província de Piacenza, no vilarejo de Bacedasco Basso, onde sofrem forte influência da umidade oriunda do Rio do Pó. As variedades Barbera (60%) e Bonarda (40%) que foram utilizadas na composição deste rótulo provém de vinhas muito antigas e de baixa produtividade, assim os frutos se tornam mais ricos e concentrados em seus sabores e aromas. O amadurecimento do vinho ocorreu em barricas de carvalho croata por 12 meses e seu potencial de guarda pode chegar a 15 anos facilmente.

Em taça apresenta intensa coloração vermelho rubi, com reflexos acastanhados. No nariz, os aromas de carvalho e frutos do bosque maduros são marcantes, seguidos de notas de baunilha, couro, violetas e cascalho. Já no paladar se apresenta macio e persistente, com taninos elegantes e acidez excelente, características típicas dos grandes vinhos de Emilia-Romagna. Ótimas combinações para esse vinho seriam carré de cordeiro grelhado com molho de hortelã, carnes de caça assadas com molho de frutas vermelhas, lasanha à carbonara ou então pizzas de massa fina e cobertura de sabor intenso. A temperatura ideal de serviço é de 18ºC e recomenda-se decantar o vinho por, pelo menos, 1 hora.

Texto do Sommelier Rodrigo Ferraz - Direitos Reservados