Javascript - Habilite o javascript em seu navegador para poder logar e utilizar o site.
Blinking light Poste

Chardonnay • Safra 2016 • Vinho

Dorado Chardonnay

Vicentin Family Wines

Mendoza (Agrelo) • Argentina • 750 ml

Tipo
Corpo
Aromas e Sabores
Uva(s): Chardonnay.
Harmonização: Peixes, Pratos vegetarianos, Quiches, Risotto.
Ocasiões: Balde de gelo na piscina, Dia de sol, Tarde de picnic.
Envelhecimento: Poucos meses em tonéis de aço-inox.
Temperatura de Serviço: 12 ° C
Teor Alcoólico: 12,9 %
Volume: 750 ml

de R$83,00 por

R$ 69,00
Associado do Clube

R$62,10


CONHEÇA O CLUBE

Descrição Detalhada

Vicentin é um nome forte na Argentina, pois carrega consigo o legado de uma família batalhadora, que prosperou em diversos ramos de atividade, principalmente no último século. Sua interessante jornada pela vitivinicultura começou em 2009, quando foi criada a Vicentin Family Wines. O objetivo da família não era construir uma vinícola, mas sim um projeto para enaltecer as virtudes da Malbec através de vinhos de alta gama. A família Vicentin começou a selecionar em diferentes partes de Mendoza pequenas produtoras familiares, com reconhecida tradição e produções limitadíssimas. O intuito era reunir o expertise de cada produtora e, sobretudo, a expressão de cada microterroir. Para auxiliar nessa busca e dar início ao projeto, os Vicentin chamaram ninguém menos que Paul Hobbs, considerado um dos maiores enólogos da atualidade, que traz no currículo a mítica nota 100 de Robert Parker e lugar cativo na lista dos melhores vinhos do mundo da Wine Spectator.

Para auxiliar nessa jornada, foram chamados outros 3 grandes nomes: Pepe Reginato, German Oteiza e Carola Tizio, a brilhante enóloga-chefe por trás da criação dos vinhos Vicentin. Carola se formou na Universidade da Califórnia em 2008 e, antes disso, participou de quatro colheitas nos Estados Unidos e uma na França. Uma de suas admiráveis criações são os vinhos Dorado, inspirados no peixe dourado que habita os rios da América do Sul: elegante e exótico! O varietal Chardonnay foi elaborado em vinhedos do distrito de Agrelo, a uma altitude de 1.010 metros acima do nível do mar. As vinhas têm em média 15 anos de idade e foram cultivadas em solos pedregosos, resultando em rica mineralidade para o vinho. Sua produção total é de apenas 6.600 garrafas!

Em taça, este exemplar é límpido e apresenta coloração amarelo ouro, com reflexos esverdeados. Seu aroma exibe frutas variadas, como maçã-verde, limão, toranja, abacaxi e pêssego maduro, além de notas minerais e florais. Em boca, as frutas cítricas são intensas e persistentes, já a acidez é bem equilibrada. O frescor deste vinho se destaca no final, fazendo com que ele seja uma ótima opção para dias mais quentes. Algumas dicas de harmonização seriam risotto de alho-poró, quiche de escarola, pintado ao molho tártaro, ratatouille ou salada de frango com molho de gengibre. A temperatura ideal de serviço é de 12°C. Seu consumo pode ser de imediato, mas o vinho também pode ser guardado por mais 3 anos.

Texto do Sommelier Rodrigo Ferraz - Direitos Reservados